sexta-feira, 3 de abril de 2009

Arnaldo Antunes


Eu queria fazer desse blog um meio em que eu possa escrever o que eu penso e entendo sobre determinados assuntos.
De início, começo falando de um cara aí que eu gosto muito! =D ;)

É um tal de Arnaldo Antunes.

Não sei se eu tenho gabarito pra falar dele. Eu sinceramente tenho certeza que não. Hhahahahaha....
Esses dias eu tava lendo sobre a vida dele no seu site oficial (www.arnaldoantunes.com.br) que se alguém interessar a ler sobre ele, é um site bem completo. Inclusive os gráficos do site foram muito bem feitos. Um dos mais interessantes que eu vi...é bem a cara dele. ;) Mas afinal, eu não to aqui pra falar do site dele mesmo...
Pelo o pouquíssimo que eu conheci do Arnaldo, é que é um dos artistas mais completos existentes no Brasil. Poeta, já trabalhou com o Paulo Leminsk ( um poeta modernista, que inclusive, tive que ler um livro dele pro vestibular...), ex-titãs, o cara fez zilhões de coisas massas que conta na biografia dele no site que eu falei. Entre os que mais me chamou a atenção, foi o fato dele ter publicado uma novela nos ultimos anos do colegial, que foi publicado pelo jornal da escola onde estudava ( Colégio Equipe, onde conheceu Branco Mello, Sérgio Britto, Paulo Miklos, Ciro Pessoa, Nando Reis e Marcelo Fromer, quase o Titãs completo ) ; formado em Letras pela USP, explicando o seu dom e sua arte com as palavras. O Arnaldo, durante sua vida artística, sempre esteve envolvido com teatro, que mesclava com musica fazendo vários shows performáticos, com vários parceiros diferentes, inclusive sua primeira mulher Go. Durante sua carreira, lançou 14 livros, entre esses projetos de capas e poemas... Como citei, projetos de capas dos livros! Arnaldo também brinca com a arte, inclusive, maravilhosamente bem, brincando com as letras. Como veem ao canto esquerdo da postagem.
O Arnaldo Antunes me fascina pelo modo delicado de usar as palavras em suas letras musicais. É uma arte, pra mim. Melodias lindas....instrumetos de percussão na medida exata. Um exemplo mais palpável dele, foi o trio, muito famoso e conhecido pelo Brasil: Tribalistas. Juntamente com Carlinhos Brown e Marisa Monte. Musicalmente maravilhoso, talvez tenha sido um pouco popularizado de mais, por ter tido uma música utilizada em uma novela global. Mas o sucesso nesse CD foi exclusivamente por sua qualidade.
Acredito que o Arnaldo tem de ser lembrado não por ter sido um dos Tribalistas, mas sim, um artista brasileiro nascido pra arte. De som. De poemas. De imagem.

6 comentários:

mauricio disse...

vc gosta msm do cara hein???? eu contratava pro meu setor d marketing....

bjo ruivosa (eu avisei =p)

Érick Delemon disse...

HEHE, eu sou um dos que lembra dele sempre com os Tribalistas! mea culpa. Mas tbm sei da era titanesca! Ahá! Legal, realmente o cara parece ser artisticamente completo! Parabéns ruivinha de estimação!

Diego? Glommer? disse...

xD

O Arnaldo certamente é um dos artistas mais completos do Brasil. E as suas letras são geniais. Isso é fato.

E se a arte ainda tem algum fluxo sanguíneo por aqui no Brasil é, em boa parte, verificável porque o pulso artístico do Arnaldo ainda pulsa.

Beijo
.

http://solucomental.blogspot.com

Maycon disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maycon disse...

Lilian,
A mais nova "blogueira" então...
Pois é, vi vocês no show do tal do cara ae, mas acho que meu cabelo cresceu, estava escuro, e vocês não me reconheceram... Mas enfim, apesar de ter dado somente uma "canja" o Arnaldo realmente é de mais, creio que ele fez aquelas letras naquele ou em poucos dias atrás (as que cantou no show), que por sinal falavam muito sobre o quão poeta o cara é.
Você como uma cantora que é, vai lá e se espelhe nesse, como o Diego diz, fluxo sanguíneo de Arnaldo e de tantos outros bons cantores brasileiros e nos traga músicas e letras audiveis para esses nossos ouvidos que já estão quase que machucados com tanta porcaria que se ouve por aí, junte todas as suas boas influências e não deixe que a nossa Música Popular Brasileira se acabe, faça com o que esse pulso continue pulsando. Abraço!

Kay Basílio disse...

Não conheço quase nada dele! conheci agora lendo aqui DHSAIUHDIUSAHD mais do pouco que eu gosto, é que eu conheci no jazz! Quando dançava..
Escreve muito bem! :)

beijos gata das minhas manhãs :*